Legislativo de Paramirim emite moção de congratulações ao Monsenhor Pedro Olímpio dos Santos

MOÇÃO DE CONGRATULAÇÕES Nº 08/2017

EMENTA: CONGRATULAÇÕES AO MONSENHOR PEDRO OLÍMPIO DOS SANTOS PELOS 50 ANOS DE ORDENAÇÃO PRESBITERIAL.

Autor: Vereador GEORGE LUIZ MAGALHÃES TANAJURA E OUTROS

Propomos à Mesa Diretora, nos termos dos arts. 105 e 106 do Regimento Interno Cameral, MOÇÃO DE CONGRATULAÇÕES ao Monsenhor Pedro Olímpio dos Santos pelos 50 anos de ordenação.

O Monsenhor Santos foi o primeiro sacerdote da Diocese de Paramirim, onde sempre trabalhou.

Natural de Livramento de Nossa Senhora, foi ordenado padre em 8 de dezembro de 1967. De janeiro a março de 1968, ele serviu, simultaneamente, às Paróquias do Santíssimo Sacramento de Rio de Contas e São João Batista de Dom Basílio.

Em 28 de março do mesmo ano, assumiu a Paróquia de Santo Antônio de Paramirim ao lado do então vigário, o padre Benvindo Pereira. Com a morte deste, em 17 de setembro de 1971, tomou posse como Vigário (ofício que hoje corresponde ao de pároco) das Paróquias de Nossa Senhora do Carmo de Água Quente (atual Érico Cardoso) e Santo Antônio do Paramirim, permanecendo nesta, como Pároco até a posse de seu sucessor, o padre Samuel Neves Silva, no dia 07 de fevereiro de 2016.

Em Paramirim, além da assistência paroquial dada ao povo de Deus, o padre Pedro se destacou em vários trabalhos sociais como a fundação do Sindicato dos Trabalhadores Rurais e da Escola “Família Agrícola”, além da implantação do MOBRAL.

De novembro de 1981 a janeiro de 2003 foi o coordenador diocesano de pastoral da Diocese de Livramento de Nossa Senhora, bem como o seu Vigário Geral de 1991 até a posse de seu sucessor, o mesmo que, recentemente, o sucedeu em Paramirim. Também em 1991 foi designado membro do Colégio dos Consultores. Ao assumir a Diocese, em 18 de abril de 2004, Dom Armando Bucciol, além dos ofícios já existentes, acrescentou ao padre Pedro Olímpio o de Ecônomo Diocesano, até ser sucedido pelo padre Samuel.

Ao completar 40 anos de ministério sacerdotal, a pedido de Dom Armando Bucciol, o padre Pedro recebeu da Santa Sé o título honorífico de Capelão de Sua Santidade.

Nesta hora de transição, o que se passa, o que fica, o que prevalece? Ao sucessor passa-se a responsabilidade pastoral e administrativa, as exigências de um ministério cada vez mais desafiador, a necessidade de se estar diuturnamente à disposição do povo; fica a leveza do ministério a ser exercido conforme as forças e a possibilidade, a teor do Direito; prevalece o amor construído, a amizade alimentada, a Ação de Graças pelo que se fez.

Assim é o curso da vida: Vai-se o pároco e fica o amigo, sai o Vigário geral e permanece o irmão mais velho dotado de experiência e de palavras de ânimo, tão necessárias à vida dos mais jovens e caminheiros quanto os ofícios, que existem por necessidade, visando o bem do povo de Deus.

Continuando em Paramirim, por escolha, o Mons. Santos terá a possibilidade de ajudar seu sucessor, na medida das forças, e poderá continuar a desfrutar da amizade dos seus paroquianos, construída pelo testemunho e serviço aos quais ele entregou os melhores anos da sua vida.

Pelo belo trabalho, história e dedicação à nossa comunidade, oferecemos a presente Moção de Congratulações ao Monsenhor Santos.

Paramirim – BA, 06 de dezembro de 2017.

Antonio Maria Sousa Ramos Vianna

George Luiz Magalhães Tanajura

Orlando Flor e Silva

Sidimar Neves da Silva

João Batista Rodrigues Silva

João de Almeida

Gilberto Marques Silva

Antonio José Rodrigues

Antonio Francisco dos Santos Neto

Cleuziomar Lima dos Santos

Antonio Marques de Souza

Publicado em 2017, Moção | Comentários desativados

Vídeo do Legislativo de Paramirim dia 06 de dezembro de 2017

Vídeo 01:

Vídeo 02:

Publicado em 2017, Sessões Ordinárias | Comentários desativados

PROJETO DE LEI Nº 25, DE 21 DE NOVEMBRO DE 2017 que Dispõe sobre a criação do Conselho Municipal da Juventude do Município de Paramirim

PREFEITO MUNICIPAL DE PARAMIRIM, ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais, faz saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei:

DO CONSELHO MUNICIPAL DA JUVENTUDE

Art. 1º – Fica criado o Conselho Municipal da Juventude.

§ 1º O Conselho Municipal da Juventude, composto por jovens entre 15 e 29 anos de idade, é órgão autônomo de caráter permanente, deliberativo, consultivo, fiscalizador e de representação da população jovem.

§ 2º Os recursos financeiros necessários à execução das atividades do Conselho Municipal da Juventude serão oriundos do Fundo Municipal da Juventude, a ser criado por meio de lei complementar.

Art. 2º – Compete ao Conselho Municipal da Juventude:

I – Assegurar a participação da comunidade nas ações e serviços relacionados à população jovem e atuar na formulação de estratégias e no controle da execução da Política Municipal da Juventude, com funções consultivas, normativas, fiscalizadoras e deliberativas;

II – Estabelecer prioridades e diretrizes a serem observadas na elaboração, atualização e execução da Política Municipal da Juventude;

III – Avaliar, fiscalizar e controlar a execução dos programas relacionados à Política Municipal da Juventude;

IV – Definir parâmetros, padrões e critérios de qualidade dos serviços direcionados aos jovens, prestados pelos órgãos e entidades públicas e privadas no âmbito municipal;

V – Avaliar, fiscalizar e controlar a qualidade e prestação dos serviços integrantes da Política Municipal da Juventude prestados pelos órgãos e entidades públicas municipais;

VI – Acompanhar a programação e a gestão orçamentária e financeira do Fundo Municipal da Juventude, através de balancetes mensais e demonstrativos das receitas e despesas do mesmo;

VII – Analisar e aprovar o plano de aplicação dos recursos do Fundo Municipal da Juventude;

VIII – Apreciar os relatórios de acompanhamento das ações financiadas pelo Fundo Municipal da Juventude, bem como analisar e avaliar a situação econômico-financeira do mesmo;

IX – Definir prioridades, critérios e padrões para celebração de consórcios e convênios entre o Poder Público Municipal e demais entidades públicas ou privadas de prestação de serviços que se relacionem com a Política Municipal da Juventude, de âmbito municipal e estadual;

X – Promover debates, palestras, audiências públicas e estudos, de forma a conhecer os problemas da população jovem e mantê-la informada acerca da execução da Política Municipal da Juventude;

XI – Fornecer subsídios para a elaboração dos planos plurianuais, diretrizes orçamentárias e orçamento anual e outras competências que venham a ser atribuídas;

XII – Promover e participar de seminários, cursos, congressos e eventos correlatos para a discussão de temas relativos à juventude, e que contribuam para o conhecimento da realidade do jovem na sociedade;

XIII – Fiscalizar e exigir o cumprimento da legislação que assegure o direito dos jovens;

XIV – Propor a criação de canais de participação dos jovens junto aos órgãos municipais;

XV – Fomentar o associativismo juvenil, prestando apoio e assistência quando solicitado, além de estimular sua participação nos organismos públicos e movimentos sociais;

XVI – Elaborar e aprovar o seu Regimento Interno e normas de funcionamento, incluso a Conferência Municipal da Juventude

XVII – Convocar a Conferência Municipal da Juventude;

DA COMPOSIÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DA JUVENTUDE

Art. 3º – O Conselho Municipal da Juventude é composto por 25 (vinte e cinco) conselheiros titulares e 25 (vinte e cinco) conselheiros suplentes, sendo 6 (seis) representantes da Administração Pública Municipal e 17 (dezessete) representantes de entidades da sociedade civil.

Parágrafo único. As atividades dos órgãos da Administração Pública Municipal e das entidades da sociedade civil devem guardar relação de pertinência com as necessidades e interesses da juventude.

DA ELEIÇÃO E INDICAÇÃO DE CONSELHEIRO

Art. 4º – Os conselheiros serão escolhidos da seguinte forma:

I – 8 (seis) representantes da Administração Municipal serão designados pelo Prefeito Municipal e serão advindos respectivamente das seguintes secretarias municipais:

a) Secretaria Municipal da Cultura;

b) Secretaria Municipal de Esporte e Lazer;

c) Secretaria Municipal da Educação

d) Secretaria Municipal da Saúde;

e) Secretaria Municipal de Agricultura;

h) Secretaria Municipal de Assistência Social.

II – 5 (cinco) entidades da sociedade civil serão eleitas na Conferência Municipal da Juventude e deverão indicar conselheiros que as representarão;

III – 5 (cinco) entidades com notório trabalho desenvolvido em favor da juventude e reconhecida credibilidade junto à sociedade terão assentos permanentes no Conselho Municipal da Juventude, cabendo ao regimento interno definir as entidades.

Parágrafo único. As entidades da sociedade civil serão eleitas para as funções de conselheiros para o mandato de 2 (dois) anos.

Art. 5º – Cabe ao Conselho Municipal da Juventude convocar, por meio de edital, a Conferência Municipal da Juventude para a eleição de conselheiros, titulares e suplentes, devendo ser amplamente divulgado através dos recursos midiáticos disponíveis no município com antecedência mínima de 30 (trinta) dias.

§ 1º Terão direito a voto, na Conferência Municipal da Juventude, todas as entidades da sociedade civil regularmente constituídas e cadastradas no Conselho Municipal da Juventude.

§ 2º O cadastro das entidades junto ao Conselho Municipal da Juventude será efetivado através de procedimentos a serem regulamentados por regimento interno.

Art. 6º – Fica vedado ao detentor de mandato eletivo ser conselheiro representante de entidade.

Parágrafo único. Cabe às entidades escolherem seus representantes junto a Conferência Municipal da Juventude e ao Conselho Municipal da Juventude, podendo substituí-los, conforme sua conveniência, desde que o faça por meio de comunicação escrita ao presidente do Conselho Municipal da Juventude.

Art. 7º – Os Conselheiros suplentes substituirão os titulares em seus impedimentos.

DAS DISPOSIÇÕES TRANSITÓRIAS

Art. 8º – Fica instituído o Conselho Municipal de Juventude Provisório, com a finalidade de organizar e convocar a Conferência Municipal da Juventude para a primeira eleição dos conselheiros, titulares e suplentes.

§ 1º O Conselho Municipal de Juventude Provisório tem o prazo de 3 (três) meses, a contar da data de publicação desta Lei, para concluir os trabalhos, prorrogável uma única vez pelo mesmo período havendo necessidade fundamentada.

§ 2º O Conselho Municipal de Juventude Provisório será composto por conselheiros, titulares e suplentes, provindos dos órgãos especificados no art. 4o, incisos I e III e serão indicados pelo Prefeito Municipal.

§ 3º A diretoria do Conselho Municipal de Juventude Provisório será composta por um presidente, um vice-presidente, secretário e tesoureiro através de eleições internas.

Art. 9º – Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Gabinete do Prefeito Municipal de Paramirim, Estado da Bahia, 20 de novembro de 2017

Gilberto Martins Brito

Prefeito Municipal

Publicado em 2017, Projetos Lei Executivo | Comentários desativados

PROJETO DE LEI Nº 23 DE 20 DE NOVEMBRO DE 2017 que Dispõe sobre a autorização para o Poder Executivo do Município de Paramirim, no estado da Bahia, assinar convênios

PROJETO DE LEI Nº 23 DE 20 DE NOVEMBRO DE 2017.

Dispõe sobre a autorização para o Poder Executivo do Município de Paramirim, no estado da Bahia, assinar convênios, contratos, protocolo de intenções, termos de adesão e/ou cooperação, e dá outras providências.

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE PARAMIRIM, ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais, faz saber que a Câmara Municipal aprovou e ele sanciona a seguinte Lei:

Art. 1°. Fica o Poder Executivo Municipal autorizado a assinar convênios, contratos, protocolo de intenções, termos de adesão e/ou cooperação com a União, através de seus Ministérios, Secretarias, Fundações, Autarquias, Empresas Públicas e Sociedades de Economia Mista.

Art. 2º. Fica o Poder Executivo Municipal autorizado a assinar convênios, contratos, protocolo de intenções, termos de adesão e/ou cooperação com o Estado da Bahia, através de suas Secretarias, Fundações, Autarquias, Empresas Públicas e Sociedades de Economia Mista.

Parágrafo único. Englobam-se, também, nas autorizações concedidas nos caputs dos arts. 1º e 2º desta Lei, as universidades públicas e privadas, assim como associações, fundações, instituições bancárias e organizações não governamentais (ONG’s).

Art. 3º. Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, com efeito a partir de 01 de janeiro de 2018, revogadas as disposições em contrário.

Paramirim – BA, em 20 de novembro de 2017.

Gilberto Martins Brito

Prefeito

Publicado em 2017, Projetos Lei Executivo | Comentários desativados

Vídeo do Legislativo de Paramirim dia 29 de novembro de 2017

Vídeo 01:

Vídeo 02:

Vídeo 03:

Publicado em 2017, Sessões Ordinárias | Comentários desativados

ATA DA 32ª SESSÃO ORDINÁRIA DO 2º PERÍODO ORDINÁRIO DA CÂMARA MUNICIPAL DE PARAMIRIM

ATA DA 32ª SESSÃO ORDINÁRIA DO 2º PERÍODO ORDINÁRIO DA CÂMARA MUNICIPAL DE PARAMIRIM DO ESTADO DA BAHIA. REALIZADA NO DIA 22 DE NOVEMBRO DE 2017.

              Aos vinte e dois dias do mês de novembro de dois mil e dezessete, na Câmara Municipal, é realizada a 32ª Sessão Ordinária, composta pelos Vereadores Antonio Maria Sousa Ramos Vianna – Presidente, George Luiz Magalhães Tanajura – 1º Secretário, Orlando Flor e Silva – 2º Secretário, Sidimar Neves da Silva, João Batista Rodrigues Silva, João de Almeida, Gilberto Marques Silva, Antonio José Rodrigues, Antonio Francisco dos Santos Neto, Cleuziomar Lima dos Santos e Antonio Marques de Souza. Às nove horas, o Sr. Presidente declara aberta a sessão, “sob a proteção de Deus”. Leitura da ata da 31ª Sessão Ordinária feita pelo Primeiro Secretário, aprovada sem modificações. Expediente: Foi lida a seguinte correspondência: 1- Projeto de Lei nº 22/2017 de autoria do Executivo Municipal queDispõe sobre a criação de cargos no quadro de pessoal do município de Paramirim e dá outras providências”, encaminhado para as Comissões de Justiça e Redação, Finanças, Orçamentos e Contas e de Educação, Saúde, Obras e Serviços públicos para exarar parecer. 2- Projeto de Lei nº 23/2017 de autoria do Executivo Municipal queDispõe sobre a autorização para o Poder Executivo do Município de Paramirim, no estado da Bahia, assinar convênios, contratos, protocolo de intenções, termos de adesão e/ou cooperação, e dá outras providências”, encaminhado para as Comissões de Justiça e Redação, Finanças, Orçamentos e Contas para exarar parecer. 3- Projeto de Lei nº 24/2017 de autoria do Executivo Municipal queAltera o art. 2º, § 2º, da Lei Complementar nº 187, de 26 de janeiro de 2017, e dá outras providências”, encaminhado para as Comissões de Justiça e Redação, Finanças, Orçamentos e Contas para exarar parecer. 4- Projeto de Lei nº 25/2017 de autoria do Executivo Municipal queDispõe sobre a criação do Conselho Municipal da Juventude do Município de Paramirim e dá outras providências”, encaminhado para as Comissões de Justiça e Redação, Finanças, Orçamentos e Contas e de Educação, Saúde, Obras e Serviços públicos para exarar parecer. 5- Ofícios nºs 805 e 806/2017 do Superintendente Regional Sudoeste da Bahia (Caixa Econômica Federal) informando recursos financeiros firmado com o Município de Paramirim, no âmbito de Programa de Planejamento Urbano. 6- Ofício nº 0213/2017 do Presidente da 21ª Subseção OAB/BA, comunicando que está em tramitação na Assembleia Legislativa da Bahia o Projeto de Lei nº 22.508/2017 “Eleva Comarca de Paramirim de Entrância Inicial para Intermediária e dá outras providências”. 7- Ofício nº 052/2017 da Empresa Baiana de Administração Municipal Ltda, informando sobre a aprovação da prestação de contas da Câmara Municipal de Paramirim, exercício de 2016. 8- Convite do Monsenhor Pedro Olímpio dos Santos, convidando para a missa em ação de graças que será celebrada dia oito de dezembro em homenagem aos cinquenta anos da sua ordenação. 9- Moção Nº07/2017 de autoria dos Vereadores, ementa aplausos a Breno Roberto Oliveira Vianna Souza pelas vitórias, vida desportiva e projetos sociais envolvido, aprovada por unanimidade. USO DA PALAVRA: Os Vereadores registraram votos de pesar a família do Senhor José Souza dos Santos pelo seu falecimento. Nada mais havendo a se tratar o Sr. Presidente deu por encerrada a Sessão as 11:00 horas, convocando a próxima Sessão Ordinária para o dia 29/11/2017 e para constar lavrei a presente ata que depois de lida e achada conforme vai devidamente assinada. Paramirim, 22 de novembro de 2017.

Antonio Maria Sousa Ramos Vianna

Presidente

Publicado em 2017, Atas | Comentários desativados

Vídeo do Legislativo de Paramirim dia 22 de novembro de 2017

Vídeo 01:

Vídeo 02:

Publicado em 2017, Sessões Ordinárias | Comentários desativados

Legislativo de Paramirim presta honrosa homenagem a Breno Viana

O Legislativo de Paramirim prestou uma honrosa homenagem ao paramiriense Breno Viana na sessão ordinária desta quarta-feira, dia 22 de novembro de 2017. O Vereador Antônio Francisco Neto apresentou, para apreciação dos demais Vereadores, uma Moção de Aplausos. A moção foi aprovada por unanimidade. Familiares de Breno compareceram para receber a homenagem, enquanto que o homenageado assistiu tudo ao vivo pelo Facebook.

MOÇÃO DE APLAUSOS Nº 07/2017

EMENTA: APLAUSOS A BRENO ROBERTO OLIVEIRA VIANNA SOUZA PELAS VITÓRIAS, VIDA DESPORTIVA E PROJETOS SOCIAIS ENVOLVIDO.

Autor (es): Antônio Francisco dos Santos Neto E OUTROS

O Vereador da Câmara Municipal de Paramirim, no uso das suas atribuições legais e regimentais, apresenta a presente moção de aplausos.

Breno Roberto Oliveira Vianna Souza nasceu em Paramirim e desde a infância praticava esportes tais como capoeira e karatê.

Na sua adolescência mudou-se para a capital do Estado com o objetivo de aperfeiçoar os estudos. E lá deu continuidade à prática de esportes, porém de forma menos atuante devido à dificuldade de conciliar com os estudos.

Com o passar do tempo ele deixou de praticar esporte e foi nesse período que a mudança no estilo de vida interferiu de forma negativa na sua saúde.

Breno então tornou-se obeso e desenvolveu problemas cardíacos. As idas à emergência médica tornaram-se cada vez mais frequentes e a ausência de resultado com uso diário e contínuo de medicação fez com que a médica sugerisse um procedimento cirúrgico, ainda que não fosse grave, o susto foi grande.

Naquela época com 29 anos de idade e prestes a se tornar pai, Breno decidiu se dedicar a atividade física.

De forma gradativa, passou a frequentar a academia e a mudar hábitos alimentares, despertando novamente o gosto pela atividade, encontrou tempo para retomar as aulas de Jiu Jitsu, esporte que havia praticado no período de 1998 a 2002.

Decidiu então recomeçar da faixa branca e foi no ano de 2012 que uma nova etapa na sua vida se iniciou.

Atualmente é graduado na faixa roxa e coleciona um total de 37 (trinta e sete) medalhas: 5 de bronze, 9 de prata e 23 de ouro, sendo uma delas conquistada na 9ª Etapa do Campeonato Baiano de Jiu Jitsu.

Ele que é filiado à equipe Cícero Costha e a Federação Baiana de JiuJitsu e MMA-FBJJMMA além da Confederação Brasileira de JiuJitsu-CBJJ/International Brazilian Jiu-Jitsu Federation-IBJJF; treina em média cinco vezes por semana, participa de campeonatos e seminários sempre em busca de qualidade de vida e aperfeiçoamento técnico.

É conhecido entre os colegas lutadores e admiradores da arte como NINJA. O apelido carinhoso se justifica pela sua dedicação ao Ninjutsu; uma arte ninja, em que Breno é faixa preta.

Diferente do que muitos pensam, as técnicas do Jiu Jitsu devem APENAS ser aplicadas no tatame e NUNCA nas ruas. Dessa forma, as equipes das quais Breno faz parte juntamente com o seus mestre Paulo Dantas, investem em projeto sociais dando oportunidade à prática do esporte àqueles que estão em situação de vulnerabilidade, principalmente jovens e crianças.

Portanto, reconhecemos e aplaudimos a sua dedicação ao esporte e motivo de muito orgulho para o nosso município.

Paramirim – BA, 22 de novembro de 2017.

Antonio Maria Sousa Ramos Vianna

George Luiz Magalhães Tanajura

Orlando Flor e Silva

Sidimar Neves da Silva

João Batista Rodrigues Silva

João de Almeida

Gilberto Marques Silva

Antonio José Rodrigues

Antonio Francisco dos Santos Neto

Cleuziomar Lima dos Santos

Antonio Marques de Souza

Antônio Francisco Neto

Publicado em 2017, Moção | Comentários desativados

ATA DA 31ª SESSÃO ORDINÁRIA DO 2º PERÍODO ORDINÁRIO DA CÂMARA MUNICIPAL DE PARAMIRIM

ATA DA 31ª SESSÃO ORDINÁRIA DO 2º PERÍODO ORDINÁRIO DA CÂMARA MUNICIPAL DE PARAMIRIM DO ESTADO DA BAHIA. REALIZADA NO DIA 08 DE NOVEMBRO DE 2017.

              Aos oito dias do mês de novembro de dois mil e dezessete, na Câmara Municipal, é realizada a 31ª Sessão Ordinária, composta pelos Vereadores Antonio Maria Sousa Ramos Vianna – Presidente, George Luiz Magalhães Tanajura – 1º Secretário, Orlando Flor e Silva – 2º Secretário, Sidimar Neves da Silva, João Batista Rodrigues Silva, João de Almeida, Gilberto Marques Silva, Antonio José Rodrigues, Antonio Francisco dos Santos Neto, Cleuziomar Lima dos Santos e Antonio Marques de Souza. Às nove horas, o Sr. Presidente declara aberta a sessão, “sob a proteção de Deus”. Leitura da ata da 30ª Sessão Ordinária feita pelo Primeiro Secretário, aprovada sem modificações. Expediente: Foi lida a seguinte correspondência: 1- Convite do Senhor Silvano Rodrigues e Lima, convidando os Vereadores para uma reunião no dia doze do corrente.  2- Moção Nº06/2017de autoria dos Vereadores, ementa aplausos ao trabalho do garoto Geovane de Paramirim pela criação de uma replica artesanal de uma Ferrari, aprovada por unanimidade. USO DA PALAVRA: O Senhor Domingos Belarmino da Silva explanou sobre o primeiro trabalho feito pelo jovem Geovane e fez uma sucessiva postagem na internet que tornou Geovane uma pessoa conhecida no mundo inteiro pela sua criatividade. O Senhor Geovane Felix Ramos Santos agradeceu a todos pela homenagem recebida e na oportunidade explicou como começou a fabricação da Ferrari. O Vereador Orlando Flor e Silva leu uma moção de congratulação ao povo de Paramirim pelo aniversário de 139 anos enviado pelo Deputado Estadual Pedro Tavares. Os Vereadores registraram votos de pesar a família do Senhor Valdir Cardoso Viana pelo seu falecimento. Nada mais havendo a se tratar o Sr. Presidente deu por encerrada a Sessão as 11:00 horas, convocando a próxima Sessão Ordinária para o dia 22/11/2017 e para constar lavrei a presente ata que depois de lida e achada conforme vai devidamente assinada. Paramirim, 08 de novembro de 2017.

Antonio Maria Sousa Ramos Vianna

Presidente

Publicado em 2017, Atas | Comentários desativados

Vídeo da sessão do Legislativo de Paramirim que Geovane Félix foi homenageado

Vídeo 01:

Vídeo 02:

Publicado em 2017, Sessões Ordinárias | Comentários desativados