Vereadora pede a implantação da ouvidoria ativa como estratégia de fortalecimento do cuidado e da participação social na Secretaria Municipal de Saúde

INDICAÇÃO LEGISLATIVA Nº 03/2017

EMENTA: Implantação DA OUVIDORIA ATIVA COMO ESTRATÉGIA DE FORTALECIMENTO DO CUIDADO E DA PARTICIPAÇÃO SOCIAL NA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE.

Autora: Vereadora Cleuziomar Lima dos Santos

Exmº. Sr. Antônio Maria Sousa Ramos Vianna

Presidente da Câmara Municipal de Paramirim

Nesta.

Senhor Presidente,

Indico a V. Exª., na forma regimental, após aprovação do Plenário, que seja encaminhado ao Poder Executivo a presente indicação objetivando a implantação da ouvidoria ativa na Secretaria de Saúde na forma que indica.

JUSTIFICATIVA

OUVIDORIA ATIVA proporciona ao cidadão um espaço para acolhimento, tratamento e encaminhamento de manifestações aos gestores do SUS e atua também em uma perspectiva informativa, visando maior efetividade no desenvolvimento do Controle Social, onde a população possa participar da gestão da saúde, realizando avaliações periódicas dos serviços, possibilitando a ampliação do acesso e a melhoria da qualidade dos serviços prestados, através de um trabalho de promoção de estratégias mais eficazes de escuta, não apenas pelos canais de acesso (telefone/internet/atendimento presencial), mas realizando de forma itinerante a verificação das expectativas dos cidadãos em cada serviço de saúde e discutindo com os profissionais as alternativas de resolução das dificuldades apresentadas pela comunidade.

Assim, essas atividades podem ser efetivadas por duas intervenções: a implementação das caixas de sugestão em todas as unidades de saúde do município, e a Participação da equipe da Ouvidoria nos eventos públicos realizados pela Prefeitura.

Desta forma, certa de contar com aprovação pelos Nobres Edis da presente indicação, e do bom senso e visão do Exm°. Sr. Prefeito Municipal, reitero os votos de estima e apreço.

Paramirim – BA, 22 de março de 2017.

Cleuziomar Lima dos Santos

Vereadora

Esta entrada foi publicada em 2017, Cleuziomar Lima dos Santos. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.