ATA DA 26ª SESSÃO ORDINÁRIA DO 2º PERÍODO ORDINÁRIO DA CÂMARA MUNICIPAL DE PARAMIRIM DO ESTADO DA BAHIA. REALIZADA NO DIA 10 DE OUTUBRO DE 2018

Aos dez dias do mês de outubro de dois mil e dezoito, na Câmara Municipal, é realizada a 26ª Sessão Ordinária, composta pelos Vereadores Antonio Maria Sousa Ramos Vianna – Presidente, George Luiz Magalhães Tanajura – 1º Secretário, Orlando Flor e Silva – 2º Secretário, Sidimar Neves da Silva, João Batista Rodrigues Silva, João de Almeida, Gilberto Marques Silva, Antonio José Rodrigues, Antonio Francisco dos Santos Neto, Cleuziomar Lima dos Santos e Antonio Marques de Souza. Às nove horas, o Sr. Presidente declara aberta a sessão, “sob a proteção de Deus”. Leitura da ata da 25ª Sessão Ordinária feita pelo Primeiro Secretário, aprovada sem modificações. Expediente: 1- Ofício nº 552/2018 da Fundação Nacional de Saúde comunicando a celebração de convênio entre a FUNASA e o município, tendo por objeto implantação de melhorias habitacionais para controle da doenças chagas. 2- Projeto de Decreto nº 01/2018 de autoria dos Vereadores George Luiz Magalhães, Tanajura Gilberto Marques Silva e Cleuziomar Lima dos Santos que “Concede Título de cidadã Honorária Paramirinhense Drª Luciana Espinheira Khoury encaminhado para a Comissão de Justiça e Redação para exarar parecer. USO DA PALAVRA: A Vereadora Cleuziomar Lima dos Santos disse que no período da eleição sofreu uma perseguição por algumas pessoas do grupo da situação, e que na sua residência fica o escritório de advocacia da sua filha e pediram para fazer as identificações fiscais, o Senhor que estava a frente dos trabalhos entrou para fazer as credenciais dos fiscais que iriam trabalhar nas eleições, nisso a Delegada entrou com dois policiais dizendo que recebeu denuncias de compra de votos, e veio acompanhada do Comandante da Guarda Municipal que ficou as escondidas, e queria deixar claro que não faz parte disso e lhe respeite como pessoa pública, a Delegada viu o que estava fazendo e saiu, ela ficou indignada com o ocorrido, no outro dia das eleições sua casa já amanheceu vigiada por uma funcionária pública e quando o funcionário do escritório veio pegar sua identidade para votar e também estava trabalhando como fiscal, essa funcionária tirou fotos da sua residência ela ligou para o Comandante da policial militar e pediu para que a funcionária se retirasse da frente de sua residência, a qual chamou o Comandante da Guarda Municipal que revistou  o funcionário do escritório   que estava trabalhando como fiscal e no decorrer do dia  o guarda municipal ficou vigiando sua casa, o que trouxe muito constrangimento  para ela e a família. O Vereador João de Almeida solicitou do Presidente para convocar o Comandante da Guarda Municipal o Senhor Amauri Costa e Silva Júnior para esclarecer sobre os fatos ocorridos no dia da eleição citado pela Vereadora, aprovado por todos os Edis. Os Vereadores registraram votos de pesar as famílias  de Helotildes Angélica Lopes e Lucas José de Celis pelo seu falecimento. Nada mais havendo a se tratar o Sr. Presidente deu por encerrada a Sessão as 11:00 horas, convocando a próxima Sessão Ordinária para o dia 17/10/2018 e para constar lavrei a presente ata que depois de lida e achada conforme vai devidamente assinada. Paramirim, 10 de outubro de 2018.

 Antonio Maria Sousa Ramos Vianna

Presidente

Esta entrada foi publicada em 2018, Atas. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.