Moção de Aplausos ao Ato Nobre do Senhor Lourivaldo Bonfim Porto

Assista ao Vídeo:

MOÇÃO DE APLAUSOS Nº 03/2019

EMENTA: APLAUSOS PELO NOBRE ATO DE DOAÇÃO DE ÓRGÃOS DE LOURIVALDO BONFIM PORTO.

Autor: Orlando Flor e Silva e Outros.

Exmº. Sr. George Luiz Magalhães Tanajura

Presidente da Câmara Municipal de Paramirim

Nesta.

Senhor Presidente,

O Vereador da Câmara Municipal de Paramirim, no uso das suas atribuições legais e regimentais, apresenta a presente moção de aplausos.

Lourivaldo Bonfim Porto, foi um cidadão Paramirinhense, filho caçula do Senhor José de Souza Porto e da Senhora Valtemita Rosa Bonfim Porto e bisneto do famoso curandeiro Emanuel de Souza Porto, conhecido em toda região circunvizinha como “Neco Porto”.

Na madrugada do dia 29 de abril do corrente ano, foi vítima de um acidente de moto que ocasionou a sua morte no dia 08 de maio de 2019, no Hospital de Base de Vitória da Conquista, onde permaneceu internado durante uma semana e apresentou um quadro de traumatismo crânio encefálico (TCE- grave grau III).

Ele tinha 44 anos, era solteiro e residia com sua mãe e seu filho de apenas 10 anos, Kaik Silva Porto.

Mais conhecido popularmente e carinhosamente por Lolinha, o mesmo era um cidadão generoso, desprendido dos bens materiais, muito humilde, e ao final da sua vida realizou mais um ato nobre e bondoso a partir da doação dos seus órgãos, conforme era o seu expresso desejo.

Com isso, ele beneficiou outras pessoas que necessitavam de órgãos para manter a vida. Seu coração hoje pulsa em outro corpo na cidade de Curitiba, seu fígado foi doado para o hospital Israelita Albert Einstein em São Paulo, suas córneas possibilitaram um cidadão em Vitória da Conquista voltar a enxergar as belezas deste mundo. Seus dois rins foram levados para Salvador, onde hoje filtram o sangue de duas vidas, dois organismos que renasceram.

As informações acerca dos órgãos doados foram prestados pelo Centro de Apoio às famílias de Vitória da Conquista e da Equipe Médica do Hospital Geral.

A memória de Lourivaldo Bonfim Porto sempre será lembrada pela sua alma bondosa e digna de estima.

Portanto, reconhecemos e aplaudimos este nobre e exemplar ato que pode salvar muitas vidas, a doação de órgãos feita por Lolinha, conforme desejo expressado ainda em vida. Muitas vezes, o transplante de órgãos pode ser única esperança de vida ou a oportunidade de um recomeço para pessoas que precisam de doação.

Paramirim – BA, 22 de maio de 2019.

George Luiz Magalhães Tanajura

Presidente

Esta entrada foi publicada em 2019, Moção. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.